FAMA MAGAZINE

ORGANIZAÇÃO HUMANITÁRIA FRATERNIDADE SEM FRONTEIRAS

Atuamos em alguns dos lugares mais
pobres do planeta, com esperança e
profundo desejo de ajudar a acabar com
a fome e a construir um mundo de paz.

A Fraternidade sem Fronteiras é uma instituição de caridade registrada no Reino Unido, Brasil e Moçambique que cuida de uma das regiões mais pobres do mundo: Moçambique. Temos trabalhado com o público em geral desde 2009, onde a fome, a miséria e o desamparo fazem novas vítimas inocentes todos os dias.
Nosso objetivo é o de “sacudir o mundo” com a ideia de que milhões de pessoas, cada uma ajudando um pouquinho, podem acabar com a fome e promover a vida de famílias que vivem na extrema miséria.
Desejamos contagiar as pessoas pela confiança de que é possível, sim, fazer um mundo melhor: o bem só precisa agir. Essa é a mensagem essencial da FSF
Nossa missão é vivenciar e incentivar a prática da fraternidade, sem restrições étnicas, geográficas ou religiosas, amparando prioritariamente crianças e jovens em situação de vulnerabilidade ou risco social.
Sim, nós queremos mudar o mundo e convidamos você a formarmos juntos uma só Nação. Apoie nossos projetos, ajude a divulgar, seja um voluntário. Vamos juntos semear fraternidade.

© Alisson Demetrio | 2017

O QUE FAZEMOS
Na África subsaariana, abrimos e mantemos centros de acolhimento, onde oferecemos alimentação, cuidados com a higiene, atividades pedagógicas, culturais e formação profissionalizante. Amparamos idosos com alimentação e construção de casas. Estamos perfurando poços artesianos nas aldeias africanas e, com a chegada da água, iniciamos o cultivo sustentável de alimentos, capacitando jovens agricultores e envolvendo as crianças em atividades de educação ambiental.

No Brasil, apoiamos o tratamento de crianças com microcefalia, em Campina Grande, na Paraíba, em parceria com o Instituto de Pesquisa Professor Joaquim Amorim Neto. Em Campo Grande, mantemos o projeto Orquestra Filarmônica Jovem Emmanuel, que proporciona o ensino de música a jovens da periferia, e ajudamos a Clínica da Alma, dedicada ao tratamento de dependentes químicos. Em Roraima, acolhemos famílias refugiadas da Venezuela, que atravessaram a fronteira para o Brasil em busca de uma chance.

ONDE ESTAMOS
Atuamos na África Subssaariana, uma das regiões mais pobres do mundo, e abraçamos também causas sociais no Brasil.
AÇÕES E CAMPANHAS
A Fraternidade sem Fronteiras é um movimento coletivo que acontece por você e através de você. Voluntários, padrinhos, apoiadores, divulgadores e amigos criam ações que incentivam a mentalidade fraterna e campanhas de diferentes tipos para todos os projetos da FSF e de causas amigas. Roupas, chinelos, brinquedos, fundos para construção de centros de acolhimento, casas e mais, são alguns dos itens que já foram/são arrecadados pelas campanhas da FSF e voluntários. Te convidamos para conhecer e fazer parte dessa corrente de amor que precisa do seu coração

COMO AJUDAR – A simples intenção de juntar-se a nós já é motivo de grande alegria!
APADRINHE UM PROJETO DO SEU CORAÇÃO
Você pode ajudar a manter e a assegurar a continuidade dos projetos humanitários da Fraternidade sem Fronteiras, sendo um padrinho ou madrinha. O apadrinhamento é a doação mensal de R$ 50,00 ou mais destinada para a compra de alimentos, atenção à saúde, estudo, atividades pedagógicas, culturais, formação profissionalizante e também a estrutura e montagem dos centros de acolhimento. O padrinho recebe periodicamente informações sobre a evolução dos projetos, tem disponibilizada a prestação de contas detalhada e pode participar de caravanas de voluntários para conhecer o trabalho humanitário de perto. Escolha o projeto do seu coração e apadrinhe. Juntos, vamos mais longe.

SER VOLUNTÁRIO – SEJA UM VOLUNTÁRIO FRATERNO
Fazer um trabalho voluntário é muito gratificante. Você pode usar sua criatividade para o bem, doando tempo, seu talento e principalmente seu amor. Voluntários do Brasil e do exterior servem o trabalho humanitário em diferentes atividades. Fazem bazar, artesanato, costuram vestidinhos, traduzem textos, arrecadam donativos, transferem conhecimentos, oferecem oficinas de trabalho, divulgam a causa para a imprensa, produzem vídeos.. há muito a fazer por um mundo melhor! Como você gostaria de ajudar? Deixe aqui a sua ideia.

DIVULGAR A CAUSA – SE TORNE UM MULTIPLICADOR DA CAUSA
Você pode ajudar a divulgar a causa, convidando mais pessoas a se unirem ao movimento de fraternidade. Para ser um multiplicador, é preciso conhecer bem os projetos e semear com o coração, vivenciando os valores da causa. Gosta dessa ideia? Então, entre em contato conosco pelo email
DOAR – DOE O VALOR QUE PUDER
As doações avulsas ajudam a manter os projetos humanitários da Fraternidade sem Fronteiras. Quem doa pode indicar uma finalidade específica para o recurso ou deixar a gestão da FSF livre para decidir. Qualquer valor doado é muito útil e ajuda a fazer um mundo bem melhor.

CARAVANAS
PARTICIPE DAS NOSSAS CARAVANAS DE VOLUNTÁRIOS
Viajar para conhecer de perto as crianças acolhidas, os trabalhadores e o dia-a-dia nos centros de acolhimento é vivenciar uma experiência fraterna que você vai guardar para sempre.
Organizamos caravanas de padrinhos voluntários para Moçambique e Madagascar, na África Subsaariana e Roraima, no Brasil. Para participar é preciso ser madrinha ou padrinho e ter mais de 18 anos.

ORGANIZAR EVENTOS – ORGANIZE PROMOÇÕES E EVENTOS
EM PROL DA CAUSA
A realização de um evento ajuda a divulgar a causa e também a arrecadar recursos para os projetos. Você pode organizar bazares, promoções beneficentes, usar a sua criatividade para reunir pessoas e convidá-las a abraçar a causa. Se gostar dessa ideia, entre em contato conosco, por gentileza, que vamos informar sobre alguns procedimentos e também ver a melhor maneira de apoiar a sua iniciativa solidária.

COMPARTILHAR, CURTIR E COMENTAR – COMPARTILHE NOSSOS POSTS NAS REDES
Estamos nas redes sociais: facebook, instagram e linkedin. Ajude divulgando, compartilhando. Assim, levamos mais longe a causa e mensagens de fraternidade, convidando a todos para trabalharmos juntos por um mundo melhor.

PROJETOS NA AFRICA
MOÇAMBIQUE
A realidade que nos levou até lá.
Nas aldeias moçambicanas, um milhão de pessoas sofrem com a fome e consomem água suja. A maioria são crianças órfãs de pais mortos pelo HIV e malária. Trabalham em troco de um prato de comida e não vão à escola.
As pessoas chegam a ficar até 3 dias sem nenhuma refeição e andam quilômetros para conseguir 20 litros de água não potável. Há regiões em que não chove regularmente há 14 anos. Em meio a tanta necessidade, estamos nos unindo para acolher e mudar essa realidade.

Centro de Acolhimento
Mantemos 24 centros de acolhimento nas aldeias de Moçambique localizados dentro de uma área que abrange 700 quilômetros, indo de Barragem, próximo a Maputo, a Chicualacuala, na fronteira com Zimbábue.
Na aldeia Muzumuia, implantamos a estrutura modelo para os centros de acolhimento. Tem cozinha, salas de aula, banheiros, padaria, salas para cursos profissionalizantes.
O objetivo é levar a mesma estrutura para todos os centros de acolhimento. Em algumas unidades, ainda precisamos de cozinhas, banheiros, salas, para oferecer condições adequadas aos trabalhadores e melhor acolher as crianças.

Acolhimento
Acolhemos crianças das aldeias moçambicanas que viviam na extrema miséria, a maioria delas órfãs de pais mortos pelo HIV.
Em ambiente de incentivo à vivência fraterna, recebem alimentação, cuidados com a saúde, orientação à higiene, participam de atividades pedagógicas, recreativas e culturais.


A Fraternidade sem Fronteiras organiza caravanas de padrinhos da causa, que custeiam as próprias despesas e vão à Moçambique, na África, conhecer o trabalho humanitário. São médicos, dentistas, educadores, artistas, profissionais liberais – voluntários que se unem para conhecer a realidade e ajudar nas tarefas de acolhimento às famílias.

Educação E Fraternidade
As crianças frequentam o centro de acolhimento em horário alternativo ao da escola. Muitas foram matriculadas, pela FSF, depois que entraram no projeto. Antes, precisavam trabalhar para conseguir se alimentar.

Cultura
A dança e a música são fortes expressões da cultura africana. Nos centros de acolhimento, incentivamos a arte como fonte de alegria à vida. Crianças e jovens formam grupos, ensaiam coreografias, cantam e se apresentam, contagiando a todos em momentos de boas-vindas e confraternização.

Estudo para os jovens
As primeiras crianças que chegaram ao projeto, hoje são jovens e continuam sendo acolhidos pela FSF.
Os padrinhos dão a eles a oportunidade de seguir com os estudos – nas aldeias, as aulas vão só até a 6° classe. Os jovens recebem auxílio para transporte até a cidade, matrícula e material escolar. Especiosa Marge é uma das primeiras crianças acolhidas e hoje está na Universidade.

Capacitação Para O Trabalho
Nos centros de acolhimento, os jovens também participam de cursos de capacitação para o trabalho. Aprendem a cultivar a terra, a fazer artesanato com material local, corte e costura, batik (pintura em tecido) e outros. Assim, vão conquistando autoestima, confiantes em um bom futuro.
Padaria FSF : Um Bem Para Todos
Com a ajuda de apoiadores, implantamos uma padaria no centro de acolhimento da aldeia Muzumuia. A iniciativa gerou trabalho para adultos, oportunidade de aprender um ofício para os jovens e a comunidade teve acesso ao pão, por menor valor e mais perto.

Idosos
Muitos idosos das aldeias moçambicanas moram sozinhos e têm dificuldades para se locomover. Amparamos, construindo casinhas novas para eles e jovens, acolhidos pela FSF, levam alimentação aos vovôs e vovós que não conseguem andar.

Água Para A África
Perfuramos poços artesianos profundos, vencendo camadas de rochas, para ofertar água limpa e em abundância à comunidade das aldeias. Mães com os filhinhos nas costas andavam quilômetros até a beira do rio seco, para cavar pocinhos e retirar dali alguns litros de água não potável e atender todas as necessidades da família.

Cultivo Nas Aldeias
A chegada da água permitiu o início do plantio agroecológico, visando a autos sustentação alimentar do projeto. No centro de acolhimento de Muzumuia, o cultivo sustentável, em fase piloto, já dá os primeiros frutos e a colheita vai para os pratos das crianças. Jovens, filhos de agricultores, aprendem a produzir aproveitando s recursos da natureza, e as crianças participam de atividades de educação ambiental.

Projetos Pilotos
Na unidade modelo, em Muzumuia, são desenvolvidos projetos pilotos com a possibilidade de se estenderem para os demais centros de acolhimento.
Entre as ações de caráter piloto, de iniciativa de voluntários, estão curso de flauta, aulas de capoeira e ensino à distância.

AÇÃO MADAGASCAR
Chegamos à ilha de Madagascar, em fevereiro de 2017, e encontramos famílias vivendo na extrema miséria, sofrendo com a fome e a sede, sem também um mínimo de higiene. Sem acesso à água, as crianças tomam banho só quando chove e metade delas tem desnutrição aguda. As famílias vivem em casa muito precárias e a falta de higiene e desnutrição grave acarretam doenças como a teníase, neurocisticercose, bicho do pé, entre outras.
A região vive uma das piores crises humanitárias do mundo. Acolhemos aproximadamente 3 mil pessoas, oferecendo alimentação, água limpa e cuidados com a higiene. Inserimos 357 crianças na escola e – juntos – voluntários, padrinhos e apoiadores, construímos a Cidade da Fraternidade.

O Primeiro Centro De Acolhimento
Abrimos dois centros de acolhimento na cidade de Ambovombe. No primeiro, onde também funciona a sede da FSF, em Madagascar, acolhemos as criancinhas que viviam nas ruas, pedindo migalhas. Elas recebem refeição, cuidados com a higiene, participam de atividades de recreação e culturais.
Nenhuma das crianças acolhidas frequentava a escola. Confeccionamos pastas, compramos material escolar, uniformes e matriculamos as 357 crianças.

Campo Da Paz
Junto com voluntários e a comunidade construímos, em área doada de 45 mil metros quadrados , o segundo centro de acolhimento da FSF, o Campo da Paz. Estamos atendendo 2500 pessoas por dia, crianças e mães, principalmente.
As famílias recebem alimentação, bebem água limpa, escovam os dentes, tomam banho e lavam suas roupas.

Cidade Da Fraternidade
Cem famílias que antes viviam em casinhas absolutamente precárias passaram a morar na Cidade da Fraternidade. Em área doada de 45 mil metros quadrados, o projeto inclui cem moradias, perfuração de poço artesiano, oficinas de trabalho e cultivo sustentável. A comunidade é incentivada a perceber sua própria capacidade para a conquista da autoestima e a vivenciar valores que cultivam a paz.

Escola Danilo Farias
Ajudamos a manter a Escola Danilo Farias, nascida de um sonho de solidariedade do bailarino Danilo Farias. Em visita à ilha, ele viu a necessidade das crianças e decidiu mudar de País e de vida para ajudar. Uniu esforços e abriu a escola, possibilitando o estudo regular a crianças do norte da ilha. A Fraternidade tornou-se parceira dessa iniciativa e, juntos, estamos construindo novas salas, ampliando as oportunidades de estudo para crianças e jovens.

Malawi
Projeto NAÇÃO UBUNTU
O sentimento de fraternidade está dando vida a uma nova comunidade. E esse é mais um sonho possível para sonharmos juntos.

Leve o seu pensamento para um ambiente de paz e serviço, em que todos se reconhecem como irmãos e você vai chegar à Nação Ubuntu. Ela está sendo edificada ao lado de um campo de refugiados, localizado no Malawi, país vizinho de Moçambique. Surge acendendo esperança e convidando a todos para viver a serena alegria de um mundo novo.
O campo de refugiados, ao lado, existe há 24 anos, embora tenha sido instalado para atender um momento emergencial, de crise. A grande maioria das crianças e jovens não tem acesso a escola, o alimento oferecido é insuficiente e não há oferta ou criação de oportunidade de trabalho.
Nosso ideal é mudar as histórias de vida e oferecer a crianças, jovens e toda a população de 38 mil refugiados e malauianos em situação de vulnerabilidade um novo modelo de vida – uma nova oportunidade. Aos poucos, estamos apresentando a eles a proposta de convivência e sentindo a resposta do coração de cada um.
O trabalho de formação da comunidade está sendo coordenado por um coração naturalmente atraído por Malawi. A voluntária Clarissa, tomada pelo sentimento de renúncia e devoção ao próximo, promoveu as primeiras realizações para as pessoas do lugar e por inspiração chegou até a Fraternidade sem Fronteiras.

Oficina De Bio Carvão
Eles aprendem a fabricar biocarvão – a energia que vem da natureza, proporciona renda e não agride a saúde. A solução chegou em julho de 2018 a Madagascar, na Cidade da Fraternidade – onde são produzidos diariamente 1500 briquetes – e agora (Dezembro de 2018) ao Malawi, ofertada com amor pelos voluntários e recebida com interesse e dedicação pelos trabalhadores.

Projeto CHEMIN DU FUTUR
Senegal

Projeto – CHEMIN DU FUTUR
Estima-se que pelo menos 30 mil meninos não tenham um lar em toda a região de Dakar, a capital do Senegal. Segundo a ONU, este é o maior fenômeno de crianças de rua do mundo.
Para ajudar a mudar a vida desses jovens, um grupo de voluntários implantou o orfanato Chemin du Futur (Caminho para o Futuro), um lar que oferece afeto e educação.
A Fraternidade sem Fronteiras apoia o projeto desde 2011, e hoje o orfanato é mantido pelos padrinhos que contribuem mensalmente com a causa.
A rotina é de disciplina e, além da escola e cuidados com a saúde, inclui música, esporte e capacitação para o trabalho.
Cultivamos uma horta no local e, em 2017, Implantamos uma granja, com o objetivo de tornar o projeto autossustentável e também transformar a avicultura em formação profissionalizante para os jovens.
Estamos trabalhando, unidos, para que as atividades rentáveis como essa prosperem e ajudem a acolher mais meninos de rua.

PROJETOS NO BRASIL
Projeto MICROCEFALIA

Fraternidade pelas crianças com microcefalia
Um trabalho que une ciência e amor, em Campina Grande, na Paraíba. As crianças recebem o tratamento que precisam no Centro de Atendimento Integral das crianças com microcefalia, do Instituto de Pesquisa Professor Joaquim Amorim Neto.
Uma equipe multidisciplinar, formada por fisioterapeutas, psicólogos, médicos, atendem as crianças, oferecendo às famílias a chance do tratamento adequado.
A fraternidade abraçou a causa, que nasceu do coração e da dedicação da médica e pesquisadora Adriana Melo. Ela é responsável pela descoberta da relação entre o zika vírus e a microcefalia.

Descoberta Científica
Em 2015, o Brasil viveu um surto de bebês nascidos com microcefalia, mas a rede pública não estava preparada para oferecer o tratamento adequado.
Comovidos com o desamparo das mães, voluntários, apoiadores e padrinhos, unem-se à médica Adriana Melo para ajudar.
As pesquisas comprovam também que quanto mais cedo o tratamento começa, maior a chance de superar as sequelas.

BRASIL, UM CORAÇÃO QUE ACOLHE
Venezuela
Quando uma crise imigratória bate à porta, temos duas opções: ou fechamos as fronteiras ou abrimos o nosso coração.
A Fraternidade sem Fronteiras convida todos para acolher os imigrantes venezuelanos e, juntos, lançarmos ao mundo uma mensagem de paz.
Chegamos à fronteira em outubro de 2017 e, com a ajuda de voluntários, apoiadores e padrinhos, construímos um centro de acolhimento, onde as famílias recebem alimentação, orientação para serviços de saúde e educação, têm aula de português e dividem responsabilidades nos cuidados com o ambiente.

Apadrinhamento, O Coração Do Projeto
A Fraternidade sem Fronteiras chegou a Roraima em outubro do ano passado e diante da crise humanitária, mobilizou apoio, voluntários e lançou o projeto Brasil, um coração que acolhe. Com a ajuda de padrinhos, que contribuem com pequeno valor mensal, construímos e inauguramos pouco antes do Natal, um centro de acolhimento para 100 famílias, em Boa Vista.

ORQUESTRA FILARMÔNICA JOVEM EMMANUEL
Campo Grande – MS

A instrução musical como fonte de sensibilização para a vida.
A Orquestra Filarmônica Jovem Emmanuel é formada por meninos e meninas da periferia de Campo Grande. Eles têm aulas em locais parceiros do projeto, duas vezes por semana. À medida que evoluem, passam a integrar a Orquestra. O contato com a música desperta para novos valores, transforma.
As aulas acontecem hoje em três polos, nos bairros Jardim Tayaná, Noroeste e Centro.
Os instrumentos que já integram o projeto são violino, viola clássica, violoncelo, contrabaixo, flautas transversal e barroca e clarinete. Atualmente são 4 professores, 1 monitor e 52 alunos.

Ir além
Nossa meta, nesta fase do projeto, é ampliar a oportunidade para 300 jovens. Idealizamos implantar o polo de metais com aquisição dos instrumentos: trompete, trombone, trompa, euphonium e tuba. Será necessário contratar mais professores e expandir para 10 polos de aula.

Apresentações
A Orquestra Filarmônica Jovem Emmanuel apresenta-se em eventos empresariais, de entidades de classe, órgãos públicos, em instituições de educação e beneficentes. As apresentações geram experiências gratificantes aos jovens e emocionam o público.

EQUIPE FSF
Mãos a serviço do amor
Graças a muitos corações dispostos nosso movimento de amor tem aumentado todo dia um pouco mais. E a alegria não cabe dentro do peito!
Para atender a demanda da nossa causa, hoje temos uma equipe de colaboradores que é mantida com a renda dos produtos da Fraternidade sem Fronteiras, como camisetas, naninhas, CDs, bonés, entre outros, além da verba arrecadada nos eventos realizados em prol da FSF.
Somos uma família formada por colaboradores e voluntários unidos por um mesmo propósito: um mundo sem fome e com mais amor.

CONTATOS
Para assuntos gerais e para saber mais voce pode nos enviar um e-mail
Existe um time de cadastros e comunicacao no Brasil e um pequeno time em Londres que está a disposição para responder suas duvidas

Site no Brasil: www.fraternidadesemfronteiras.org.br
Email: contato@fraternidadesemfronteiras.org.br
Phone no Brasil: +55 67 99847-0231
Site em UK: www.fraternitywithoutborders.co.uk
Email: info@fraternitywithoutborders.co.uk
Phone em UK: +447841402336

%d blogueiros gostam disto: