FAMA MAGAZINE

Atentado a tiros em um bonde em Utrecht, na Holanda deixa pelo menos 3 mortos e vários feridos

Um atirador disparou dentro de um bonde. Unidade antiterrorista está na praça 24 de Outubro, informa a polícia local.

Um homem armado abriu fogo nesta segunda-feira em Utrecht, na Holanda, matando pelo menos 3 pessoas e ferindo vários outras antes de fugir, em um ato “potencialmente terrorista”, informou a polícia.

Segundo as autoridades, outros tiroteios ocorreram em vários lugares em Utrecht.
As autoridades também anunciaram imediatamente o reforço da segurança nos principais aeroportos e edifícios públicos do país e aconselharam o fechamento das escolas da cidade.

Eles mencionaram neste momento a existência de apenas um atirador, mas não excluíram a possibilidade de que existam vários.

(foto: Robin van Lonkhuijsen / ANP / AFP)

“Foi um tiroteio em um bonde e vários helicópteros de resgate foram utilizados para ajudar”, disse a polícia.

No local do ataque, perto de uma ponte na maior cidade do país, uma vítima foi coberta com um lençol e ficou na pista entre dois vagões, informou um repórter da agência de notícias holandesa ANP.

Os arredores foram cercados pela polícia.

“Um tiroteio na praça de 24 de outubro em Utrecht. Vários feridos assinalados. A zona foi isolada e estamos investigando”, afirmou a polícia no Twitter.
A Agência Nacional de Segurança e Contraterrorismo (NCTV) também informou no Twitter que “motivos terroristas não foram excluídos”.

“O NCTV está avaliando a situação em Utrecht, está em contato próximo com as autoridades locais. Não podemos descartar um motivo terrorista. Uma equipe de crise foi ativada”, afirma tuíte.

“O atirador ainda está em fuga”, acrescenta o texto, afirmando ainda que o nível de ameaça terrorista foi aumentado para cinco, o mais alto, em Utrecht.
O primeiro-ministro holandês, Mark Rutte, cancelou uma reunião da coalizão do governo e para permanecer em gabinete e se manter informado, disseram as autoridades.

A Holanda tem estado relativamente protegida da onda de ataques que atingiu seus vizinhos nos últimos anos, apesar de várias ameaças recentes.

Em agosto, um residente afegão de 19 anos de idade na Alemanha esfaqueou e feriu dois turistas americanos na Estação Central de Amsterdã antes de ser baleado pela polícia.

Em setembro, as autoridades prenderam sete pessoas e disseram ter frustrado um “grande atentado” na Holanda.

Naquela ocasião, eles apreenderam uma grande quantidade de material para fazer bombas. Os homens foram presos nas cidades de Arnhem e Weert.

Em junho, duas pessoas foram presas quando supostamente estavam para cometer ataques cibtra uma ponte icônica na Holanda e na França, segundo fontes judiciais.

%d blogueiros gostam disto: