FAMA MAGAZINE

Está indo para a Itália obter sua cidadania italiana? Então confira dicas importantes para visitar o país!

Viajar para a Itália, seja para obter a sua Cidadania Italiana (você tem direito a obter Cidadania Italiana? Saiba neste link), ou para turismo, é sinônimo de conhecer lugares incríveis e colecionar momentos inesquecíveis.

Entretanto, para lhe ajudar, separamos algumas dicas importantes. Elas podem te ajudar a curtir este lindo país da melhor maneira possível. Assim, você pode, somado a ajuda de amigos que já foram para a Itália, explorar e aproveitar o país sem maiores problemas.

A Itália não é um país pequeno

Apesar de ser menor que o Brasil, a Italia não é um país pequeno, se comparado com outros países europeus. Com uma área total de 301 338 km², são muitos os lugares a se conhecer.Por isso, é muito importante, antes de viajar, conhecer melhor a Itália, e os locais que pretende conhecer. Assim, você poderá aproveitar locais entre pontos de visita, ou planejar seu roteiro baseado no que você prefere. É possível montar um roteiro baseado em praias, arte, história ou gastronomia, só para citar alguns.

Prepare-se para andar de trem e carro

Além de não ser um país pequeno, a Itália conta com vários locais que são de difícil acesso. É possível se deslocar para vários locais de trem. Mas em alguns momentos, apenas um automóvel será o meio de transporte para se chegar em algum local em específico.Se você planeja conhecer mais do interior italiano, não resta dúvidas: coloque o aluguel do carro em seu orçamento. E se prepare para muitas viagens de trem, para se deslocar entre locais mais distantes.

Evitando multas na Itália

É possível dirigir na Itália. Basta andar com a sua PID (Permissão Internacional para Dirigir) mais a sua CNH, que também será obrigatória em solo italiano. E, a partir de 2018, também é permitido converter a CNH para a carteira de motorista italiana. Para saber mais sobre este assunto, clique aqui. E, se for dirigir, é bom prestar atenção na legislação de trânsito italiana. Lá, por exemplo, existe a ZLT, zonas de tráfego limitado, nos quais só podem circular veículos dos moradores do local, ou táxis.

Coma como um italiano

Sim, sabemos que a Itália é o céu, quando falamos em gastronomia. E, de fato, há muitas opções na culinária italiana. Porém, vale a pesquisa: evite os restaurantes “muito turísticos”, pois eles costumam cobrar mais caro. Uma dica bacana é descobrir os locais que os italianos mais gostam de comer. Afinal, se eles comem lá é porque gostam da comida, e sabem que tem o melhor preço. Mesmo assim, não custa nada uma pesquisa na Internet sobre as opções, qualidade e preço dos locais em que está, para curtir as delícias italianas sem sustos no bolso.

Olho no celular

Se você não consegue ficar sem postar algo no Instagram, ou precisa de conexão constante à Internet, uma boa opção é a compra de um chip italiano, e usar em seu aparelho, desde que ele seja desbloqueado, claro. Um plano básico de Internet, por volta de 4GB de Internet custa, aproximadamente, 25 euros. É preciso aguardar a ativação, e depois aproveitar a Internet, baseado, claro, na cobertura da operadora escolhida.

Vamos gastar o italiano?

O italiano é um povo muito tradicional, e orgulhoso de seu país, e de seu idioma. Há vários dialetos próprios, inclusive, entre as regiões. Então, para eles, na maioria dos casos, aquele inglês que se aprende vendo séries na Netflix não vai valer muita coisa.Mas, veja bem: esta é uma ótima oportunidade para aprender italiano. Estas “palavrinhas mágicas” podem ser bem úteis por lá:

  • Bom dia – Buongiorno
  • Olá – Ciao
  • Até logo – Arrivederci
  • Por favor – per piacere ou per favore
  • Com licença – permesso
  • Obrigado – grazie
  • Desculpe – Scusi
  • Sinto muito – Mi dispiace

Uns trocados no bolso valem a pena

Sabemos que nos dias de hoje, o uso de cartões de crédito, ou de débito, além de transferências online, diminuiu, e muito, o uso do dinheiro em papel. Porém, especialmente nas pequenas vilas do Interior, seu cartão não será muito aceito, por não haver máquinas para ele.

Por isso, a dica é simples: mesmo que seja uma quantia pequena, ande com algumas notas de euro na carteira. Nunca se sabe quando precisará deles para pagar aquele café gostoso que acabou de tomar (e acha que vai poder pagar com seu cartão).

%d blogueiros gostam disto: