FAMA MAGAZINE

Diminuição de taxas e novas regras de aluguel já estão valendo em Londres. Saiba o que muda!

Mais de cinco milhões de locatários na Inglaterra mudaram suas leis de locação desde o último sábado, dia 1º. A mudança de lei consiste na proibição da cobrança dos inquilinos por serviços como verificações de crédito e estoques, muitos dos quais são muitas vezes inflacionados. Alguns deles, como custos quando se deixa a propriedade, deixarão de existir. Também há limites para o depósito que será feito antecipadamente e limites para quanto podem cobrar por taxas atrasadas.

O objetivo da mudança visa melhorar a relação entre o proprietário e o inquilino. O ato foi aplicado a todas as locações de baixo custo no setor privado arrendado – e todos os contratos de arrendamento assinados após 1 de junho de 2019. Para aqueles que já estão contratados, as regras entrarão em vigor em 1º de junho de 2020.

“As únicas taxas que os proprietários poderão cobrar aos inquilinos serão o aluguel, o depósito de aluguel, o depósito, as mudanças no contrato de locação, o término antecipado do aluguel, os pagamentos associados a serviços públicos, banda larga, licença de TV, imposto municipal, ou perda de chave, e uma taxa padrão para pagamento de aluguel atrasado”, explicou Alexandra Morris, diretora administrativa do site de propriedades MakeUrMove.

Veja o que mudou segundo a nova regra:

1. Eles não poderão cobrar você para ver uma propriedade
Os agentes não poderão mais cobrar os inquilinos para ver novas propriedades em potencial.

2. Todos os custos de administração acabarão
Todos os custos associados com referências, verificações de crédito, fiadores e administração terão que ser cobertos pelo locador. A única exceção serão os contratos de arrendamento iniciados antes de 1º de junho de 2019, que determinam que certos custos, tais taxas de renovação, deverão ser pagos.

3. Eles vão precisar de provas para te cobrar pela limpeza
O seu agente só poderá cobrar taxas de check-out se o seu contrato de arrendamento tiver sido acordado antes de 1 de junho de 2019. Para todos os outros, as taxas de check-out e taxas de serviços, como um profissional de limpeza no final de sua locação, serão banidas, a menos que tenham uma boa razão (com evidência) para isso.

4. Os locatários não poderão mais cobrar por verificações
A partir de agora, os proprietários deverão arcar com as despesas de verificações de referência, verificações de crédito, apólices de seguro, serviços de jardinagem ou solicitações de fiadores.

5. Os pagamentos do aluguel continuarão normais
A maneira em que você paga o aluguel não mudará. Os locatários só podem solicitar a alteração através de uma cláusula de revisão de renda para um aumento ou diminuição permanente do aluguel.

6. Seu depósito será limitado
Isso será limitado a um máximo de cinco ou seis semanas de aluguel, se o aluguel total anual da propriedade for superior a £ 50.000.

7. As taxas de retenção serão limitadas
Isso será limitado ao equivalente a uma semana de aluguel. Os locatários também serão proibidos de continuar anunciando uma propriedade depois de receber o pagamento. Todas as outras regras de depósito continuam normais. A taxa terá que ser reembolsada quando o inquilino concordar com o contrato de locação ou após 15 dias se o acordo não for aprovado.

8. As alterações do contrato serão limitadas a £ 50,00
A quantia máxima que os locatários poderão cobrar pelo seu contrato será de £ 50. Se o agente espera que os custos associados sejam mais altos do que isso, eles terão que mostrar a prova das cobranças primeiro.

9. Cobrança de “sair cedo” será cobrada
Isso normalmente é baseado em perdas financeiras e custos razoáveis ​​incorridos. O valor não deve ser maior do que o valor pago pelo inquilino, se o mesmo tiver cumprido a locação até o final do contrato.

10. Os pagamentos atrasados ​​serão limitados
Um “pagamento atrasado” é algo que está atrasado há mais de 14 dias. Essa cobrança deverá estar em seu contrato. A multa também não deve exceder 3% a mais do que a taxa anual do Bank of England (atualmente 0,75%) para cada dia em que o pagamento estiver pendente.

11. Caso haja violação da Lei, o proprietário pagará multa
A não aplicação das mudanças por parte do locatário será encarada como ofensa civil e uma multa de até £ 5.000. No entanto, se um locador fizer outra violação dentro de cinco anos da primeira multa, a violação será classificada como uma ofensa criminal, que levará levar a processo ou multa de até £ 30.000. Proprietários que recebem duas ou mais violações financeiras em um período de 12 meses ou cometem uma ofensa criminal também podem ser colocados no banco de dados de senhorios desonestos.

13. Valores que ainda poderão ser cobrados
Apesar das mudanças, o locatários ainda poderá cobrar, respeitando as novas regras, por:

  • Aluguel
  • Seu depósito de locação
  • Seu depósito de depósito
  • Quaisquer alterações que você solicitar ao seu contrato (limitado a £ 50,00)
  • Qualquer pedido para rescindir seu contrato antecipadamente
  • Contas de serviços públicos como água, banda larga, licença de TV e imposto municipal
  • Pagamentos de aluguel atrasados ​​(após 14 dias)
  • Substituições para chaves perdidas

Via Mirror

%d blogueiros gostam disto: