FAMA MAGAZINE

Proposta de Brexit não prevê postos de checagem na fronteira da Irlanda do Norte, diz Johnson

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, disse que vai submeter nesta quarta-feira (2) uma proposta “razoável e construtiva” de Brexit à União Europeia.

Johnson fez um discurso no fim da conferência anual do Partido Conservador, na cidade de Manchester.

Ele afirmou também que espera que os líderes do bloco de países europeus, sediados em Bruxelas, aceitem o texto para fazer um acordo –se isso acontecer, o Parlamento britânico ainda precisará ratificar os termos do tratado.

“Em Bruxelas, nós estamos levando à mesa o que eu acredito ser uma proposta construtiva e razoável que providencia um compromisso para os dois lado”, ele afirmou.

Fronteira entre as Irlandas

Um dos impedimentos ao Brexit até agora é a fronteira entre a Irlanda do Norte, que faz parte do Reino Unido, e a Irlanda, que é da União Europeia.

Hoje, não há postos de alfândega ou imigração entre os dois países –é uma forma de evitar ataques terroristas, que foi implementada pelo Acordo de Belfast, em 1998.

Johnson afirmou, em seu discurso, que seu plano não prevê pontos de checagem na fronteira ou perto dela. “Nós vamos respeitar o processo de paz e o Acordo de Belfast”, disse ele.

Isso permitirá, segundo ele, que o Reino Unido tenha sua própria política comercial. Caso a União Europeia não aceite os termos, disse Johnson, a alternativa será um Brexit sem acordo.

Via G1

%d blogueiros gostam disto: