FAMA MAGAZINE

Netflix cria fundo de US$ 100 mi para trabalhadores parados com a pausa das gravações

A Netflix segue anunciando medidas para lidar com o surto de coronavírus no planeta. Além de diminuir temporariamente a qualidade de seus vídeos, para evitar um colapso na Internet europeia, também criou um fundo para ajudar pessoas envolvidas com a comunidade criativa.

O fundo, de 100 milhões de dólares (aproximadamente 500 milhões de reais, na cotação atual), foi criado para apoiar pessoas que ficaram sem trabalho, uma vez que as filmagens foram paralisadas nos Estados Unidos. O editor chefe de conteúdo da Netflix, Ted Sarandos, explicou:

A crise da COVID-19 é devastadora para muitos setores, incluindo a comunidade criativa. Quase toda a produção de televisão e cinema já parou globalmente, deixando centenas de milhares de profissionais sem emprego. Isso inclui eletricistas, carpinteiros e motoristas, muitos dos quais recebem salários por hora e trabalham de acordo com o projeto. Essa comunidade tem apoiado a Netflix nos melhores momentos, e queremos ajudá-los nessa situação difícil, especialmente enquanto os governos ainda estão descobrindo que apoio econômico eles fornecerão.

Além deste fundo, também há a promessa, por parte da Netflix, de doar 15 milhões de dólares para instituições que estão oferecendo apoio a estes profissionais.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: