Acordo entre Reino Unido e companhias aéreas buscarão britânicos pelo mundo

Dezenas de milhares de britânicos, que ficaram presos no exterior devido ao fechamento de fronteiras para o combate da pandemia de coronavírus serão levados de volta para casa. A ação é fruto de um novo acordo entre o governo e as companhias aéreas.

British Airways, Virgin, EasyJet, Jet2 e Titan são algumas das companhias aéreas que concordaram em buscar estes britânicos no exterior e trazê-los de volta ao Reino Unido. O governo também prometeu £ 75 milhões (cerca de 480 milhões de reais) para fretar voos especiais. Estes voos buscarão cidadãos britânicos em países onde o voo comercial não está disponível.

O secretário de Relações Exteriores, Dominic Raab, explicou, na apresentação diária do governo sobre o coronavírus, que há um número “sem precedentes” de britânicos que tentam voltar para casa. “Estamos falando de centenas de milhares de pessoas viajando pelo mundo”, explicou. E acrescentou: “Centenas de milhares já o fizeram, mas muitos deles ainda não conseguiram voltar para casa. De jovens mochileiros a casais aposentados em cruzeiros”.

%d blogueiros gostam disto: