Rainha Elizabeth II faz discurso histórico para o Reino Unido: “Nós nos encontraremos novamente”

A Rainha Elizabeth II fez um discurso neste domingo, a todos os britânicos. O momento é raro, pois é apenas a quinta vez em que a monarca se dirigiu à população, com exceção de mensagens em feriados nacionais. A última vez havia sido em 2002, após a morte da sua mãe, conhecida no país como A Rainha-Mãe.

Neste discurso, história, a rainha agradeceu à compaixão das pessoas em meio ao surto de coronavírus, e prestou homenagens aos profissionais de saúde. “Desta vez, nos unimos a todas as nações do mundo em um esforço comum, usando os grandes avanços da ciência e nossa compaixão instintiva para curar”, disse. “Nós teremos sucesso, e esse sucesso pertencerá a todos nós.”

“Em todo o mundo, vimos histórias emocionantes de pessoas se unindo para ajudar outras pessoas, seja através da entrega de pacotes de alimentos e remédios, checando vizinhos ou convertendo empresas para ajudar no esforço de socorro”.

“Embora o autoisolamento às vezes seja difícil, muitas pessoas de todas as religiões, ou sem religião, estão descobrindo que isso oferece uma oportunidade de desacelerar, parar e refletir, em oração ou meditação”.

A monarca também relembrou o seu primeiro discurso, feito em 1940, com a sua irmã, a princesa Margaret:

“Quando crianças, falamos daqui de Windsor com crianças que foram retiradas de suas casas e mandadas embora para sua própria segurança”, disse. “Hoje, mais uma vez, muitos sentirão uma sensação dolorosa de separação de seus entes queridos. Mas, agora, como então, sabemos, no fundo, que é a coisa certa a fazer”.

Apesar de relembrar o passado, a rainha terminou com uma mensagem positiva, acreditando em dias melhores: “Estaremos com nossos amigos novamente; estaremos com nossas famílias novamente; nós nos encontraremos novamente”. “Nós nos encontraremos novamente”, foi mencionada pela imprensa britânica como referência à canção de Vera Lynn, dos tempos da Segunda Guerra Mundial.

No momento da declaração da Rainha Elizabeth, o Reino Unido registrou 3.700 mortes pelo coronavírus. E mais de 42 mil pessoas já foram contaminadas pelo vírus no país.

%d blogueiros gostam disto: