Reino Unido usará sangue de curados do coronavírus para possíveis testes em atuais doentes

O Reino Unido está se preparando para começar a usar o sangue dos pacientes curados de coronavírus, para tratar quem segue hospitalizado pela covid-19. O NHS Blood and Transplant está pedindo para que algumas pessoas, que se recuperaram do covid-19, que doem sangue para que possam avaliar questões que envolvam um possível tratamento.

A esperança é que os anticorpos construídos pelos curados possam ajudar a limpar o vírus em quem ainda segue precisando de tratamento. Os Estados Unidos já contam com um grande projeto, para estudar esta mesma situação, envolvendo mais de 1.500 hospitais.

O princípio é o seguinte: quando uma pessoa possui a covid-19, seu sistema imunológico responde criando anticorpos, que atacam o vírus. Com o tempo, estes anticorpos se acumulam e podem ser encontradas no plasma, a porção líquida do sangue. Assim, o NHSBT quer se aproximar de pacientes recuperados, para saber se o plasma deles pode ser administrado a pessoas que seguem doentes.

Uma declaração da organização diz que “prevemos que isso será usado inicialmente em ensaios como um possível tratamento para o covid-19. Se totalmente aprovados, os ensaios investigarão se as transfusões de plasma convalescentes poderiam melhorar a velocidade de recuperação e as chances de sobrevivência de um paciente do Covid-19.

Todos os ensaios clínicos precisam seguir um processo rigoroso de aprovação para proteger os pacientes e garantir a obtenção de resultados robustos. Estamos trabalhando em estreita colaboração com o governo e todos os órgãos relevantes para avançar no processo de aprovações o mais rápido possível”.

%d blogueiros gostam disto: