Trabalho remoto: 5 passos para colocá-lo em prática

Florianópolis (SC) 30/4/2020 – Um dos princípios mais importantes do home office é que o líder precisa dar ainda mais apoio e estar mais presente para gerar motivação e engajamento na equipe.

Para que o home office funcione, é importante que o gestor adapte a liderança da equipe. Juliana Bittencourt, Gerente de RH da Ahgora Sistemas, dá instruções sobre o tema a seguir.

No mundo todo, grande parte das empresas estão passando por transformações quando o assunto é trabalho. De uma hora para outra, pequenos e também os grandes negócios precisaram encontrar formas para manter as operações na ativa, mas resguardando a saúde e o bem-estar de suas equipes. Com isso, o trabalho remoto – que inclui a modalidade home office – ganhou ainda mais destaque nesse cenário. 

De acordo com dados da SAP Consultoria, considerando 200 empresas brasileiras, 36% já permitem o trabalho remoto. Destas, 42% já formalizaram a modalidade. Os números ainda não chegam nem perto dos Estados Unidos – por lá, 88% dos empregadores possuem políticas estruturadas sobre o tema, conforme pesquisa da WorldatWork – mas estão em grande crescimento. 

“Ainda há muita resistência das empresas, sobretudo alguns questionamentos sobre a produtividade ou desempenho longe dos olhos dos gestores”, explica Juliana Bittencourt, Gerente de RH da Ahgora Sistemas. A empresa desenvolve ferramentas com foco em gestão de pessoas. Um dos maiores desafios nesse processo é o gestor, que precisa atualizar a sua atuação para fazer que com que o trabalho remoto dê certo. “Um dos princípios mais importantes é que o líder precisa dar ainda mais apoio e estar bem mais presente para gerar motivação e engajamento na equipe”, explica.

Juliana ainda dá outras dicas para que o trabalho remoto funcione da melhor forma possível. Veja a seguir: 

Esteja acessível e fique próximo

É essencial mostrar para a sua equipe que está trabalhando de igual pra igual. “Para isso, mantenha as discussões regularmente, seja por chat ou videoconferência. Depois de cada alinhamento, compartilhe com o time o que foi definido para que ninguém se sinta ‘perdido’”, diz. Segundo Juliana, o gestor precisa ter em mente que, se orientações são necessárias para que a equipe trabalhe da melhor forma presencialmente, no home office isso deve acontecer com mais intensidade ainda. 

Faça reuniões online para alinhamento

Reuniões por vídeo podem ser bem eficientes. “Além da voz, dá para ver a expressão corporal da equipe, o que não é possível apenas via telefone. Isso também mantém o time mais engajado”, comenta a especialista. Essa ferramenta estimula uma maior concentração dos colaboradores e uma tomada de decisão mais ágil e eficiente. Mas também é importante evitar que esses momentos se prolonguem demais. Caso seja necessário, o ideal é dividi-los em partes para evitar o esgotamento da equipe.

Estimule a organização de tarefas

Sim, o trabalho home office gera grande flexibilidade para o colaborador. Por isso, é bem importante organizar as tarefas para que as coisas não saiam do controle. Assim, a ideia é que o gestor incentive o profissional a se organizar com o apontamento de tarefas. “Uma ferramenta que pode auxiliar nesse processo é o Ahgora Timesheet, que permite o registro das tarefas entregues durante a jornada de trabalho e o tempo investido em cada uma”, orienta. Com isso, o líder consegue ter uma visão clara da produtividade da equipe.   

Armazene documentos em nuvem

Colocar todos os documentos na nuvem permite que todos tenham acesso e não precisem perguntar ao colega ou líder onde encontrar determinado arquivo. “Essa prática agiliza – e muito – a prática de home office. Todos sabem onde tudo está para trabalhar normalmente”, avalia. No começo pode ser mais complicado mas, com o tempo, essa tarefa se torna um hábito. 

Faça a gestão home office

Utilize ferramentas que permitam o gerenciamento dos colaboradores, mesmo à distância. “Elas possibilitam a gestão da força do trabalho da equipe em home office, visualizando em tempo real quem está trabalhando e de onde, através da geolocalização”, comenta. Segundo Juliana, com o Ahgora Anywhere Office, também é possível que o gestor defina a marcação da presença remota do colaborador por biometria facial ou via web e acompanhe a produtividade do time remoto. 

Por fim, mas não menos importante, é essencial que os gestores façam reuniões de fechamento da semana para dar feedbacks à equipe que está trabalhando remotamente. “Essa comunicação é imprescindível para manter o time engajado. Comemorar as conquistas, mesmo em meio a esses tempos difíceis, é mais do que necessário”, finaliza.

Website: https://ahgora.com/

%d blogueiros gostam disto: