Com grande estrutura, Saúde é um dos destaques na gestão do Prefeito Daniel Alonso em Marília

Marília 5/5/2020 –

Novas unidades, reformas e ampliações, mutirões de cirurgias e novos programas fazem do município de Marília uma referência na área

A Secretaria Municipal da Saúde de Marília tem sido um dos destaques na gestão do prefeito Daniel Alonso. Com grande estrutura física, de equipamentos e de profissionais, a área da saúde tem colocado o município entre os mais conceituados no Estado.

A Saúde mariliense já soma 12 novas instalações inauguradas pelo prefeito Daniel Alonso, além de reformas e ampliações, de UBSs (Unidades Básicas de Saúde), USFs (Unidades de Saúde da Família), Farmácias Municipais, Caps e Central de Transportes.

Além disso, nos últimos três anos, foi realizado o maior mutirão de cirurgias eletivas de todos os tempos na cidade, com mais de 22 mil procedimentos de cataratas e outras cirurgias. Essa já é considerada uma revolução na história de Marília nessa importante pasta.

A Secretaria Municipal da Saúde de Marília tem como compromisso qualificar o atendimento prestado para o bem da população e essa responsabilidade se estende a todos que visitam ou trafegam pelo nosso município, podendo também utilizar alguns dos serviços que são oferecidos pelo SUS (Sistema Único de Saúde).

Atualmente sob a liderança do secretário Cássio Luiz Pinto Júnior – Katia Ferraz Santana e Ricardo Sevilha Mustafá também comandaram a pasta na gestão Daniel Alonso -, a secretaria é responsável por inúmeros serviços que vão da Atenção Básica aos atendimentos na Alta Complexidade, por meio dos hospitais conveniados ao Sistema Único de Saúde do Município.

Em constante expansão, a rede básica de Marília conta hoje com 12 UBS e quase 40 equipes do programa Estratégia Saúde da Família, distribuídas por toda a cidade, atendendo inclusive aos moradores dos distritos.

A frota da Saúde conta com 93 veículos em atividade. Na Urgência e Emergência, o Samu está equipado com uma unidade de suporte avançado e três unidades básicas.

Os recursos humanos, principal patrimônio da secretaria, somam atualmente 1.280 servidores públicos. Desse total, 79 são médicos.

O quadro de profissionais a serviço da saúde é reforçado por 544 profissionais de enfermagem, médicos, dentistas e demais profissionais contratados através do convênio com a Associação Feminina e Maternidade Gota de Leite.

Os servidores da saúde atendem a população 24 horas por dia. Eles estão próximo dos marilienses, seja na unidade de saúde mais próxima ou nas unidades dedicadas às urgências e emergências. Dia e noite pode-se contar com o Samu, Pronto Atendimento da zona sul e a UPA na zona norte.

Os servidores da saúde também trabalham nos serviços especializados, como o Cerest, o Caps, o CEO (Centro de Especialidades Odontológicas), o Banco de Leite Humano, as unidades farmacêuticas, o SAE (Serviço de Atenção Especializada) e muitos outros.

Na secretaria da Saúde, trabalha-se diariamente nos programas de prevenção às Infecções Sexualmente Transmissíveis, AIDS e Hepatites; Saúde Mental, Saúde da Mulher; Saúde do Adulto; Saúde da Criança, Saúde Bucal, programa de vacinação, Segurança Alimentar e Nutricional, sendo que equipes também se dedicam à população nas áreas de Fisioterapia e Fonoaudiologia.

Na secretaria de Saúde também funciona a Vigilância Sanitária, que fiscaliza hospitais, verificam as condições sanitárias em todos os serviços de saúde e até na produção e comercialização de alimentos.

A pasta é responsável pela Vigilância Epidemiológica Municipal e a Divisão de Zoonoses, que trabalham junto com a população para manter a cidade mais segura no combate aos vetores.

Marília combate com determinação o Mosquito Palha (transmissor da Leishmaniose) e o Aedes Aegypti, que transmite a dengue, zika e chikungunya.

Entre reformas e ampliações, nos últimos três anos as seguintes unidades receberam melhorias: UBS Costa e Silva, CVA (Centro de Vigilância Ambiental), USF Fazenda do Estado e UBS São Miguel.

Foram inauguradas a Farmácia Polo Zona Norte, UBS Santa Antonieta, Farmácia Polo Zona Sul, Caps Com-Viver, USF Santa Paula/Marajó, Serviço de Transporte da Saúde (junção da Central de Ambulâncias e a Subfrota da Saúde), USF Jd. Liliana Gonzaga e Santa Antonieta II, USF América IV, USF Palmital, Farmácia Municipal Central, UBS Cascata e USF Vida Nova Maracá.

NOVOS PROGRAMAS

Recentemente dois novos programas foram implantados na saúde pela gestão Daniel Alonso: o Remédio em Casa, que atende pessoas acamadas e com mobilidade reduzida, garantindo mais conforto e acesso aos medicamentos, além de facilitar a vida dessas pessoas, contribuindo para que não haja interrupções nos tratamentos; e o Melhor em Casa, um serviço indicado para pessoas que apresentam dificuldades temporárias ou definitivas para locomoção a um serviço de saúde, trabalhando a prevenção, cura, paliação e reabilitação, visando diminuir o número e o período de internações hospitalares e proporcionar ao cidadão um cuidado humanizado próximo a sua rotina e junto a sua família, logo após a alta hospitalar.

A implantação do programa Melhor em Casa quebrou um tabu de dez anos, tornando-se realidade na atual administração, com duas equipes multidisciplinares, contando com médicos, enfermeiros, técnicos em enfermagem, fisioterapeuta, fonoaudiólogo, nutricionista, psicólogo, terapeuta ocupacional e assistente social.

“A saúde sempre foi uma das nossas prioridades, junto com a educação e a assistência social. Hoje a maior parte do orçamento é investida na saúde e Marília hoje é também referência nessa área. Parabenizo também todos os profissionais da saúde pelo trabalho, empenho e dedicação. Graças a isso, Marília tem uma situação sob controle no combate ao coronavírus”, afirmou o prefeito Daniel Alonso.

Fotos: Mauro Abreu e Julio Cesar de Carlis

Acompanhe outras matérias no Site do Prefeito Daniel Alonso -> http://www.danielalonso.com.br

.

Website: https://www.danielalonso.com.br/

%d blogueiros gostam disto: