“Montanha de ovos” precisam ser doadas, após a não-realização da caça de ovos na Páscoa

A caçada de ovos de Páscoa, uma tradição britânica, não ocorreu em 2020, devido aos bloqueios do coronavírus. Isso rendeu, para uma instituição de caridade escocesa, uma “montanha de chocolate”. Agora, eles precisam doar milhares de ovos de chocolate, pois eles vencerão em julho. O National Trust for Scotland (NTS) recebeu 30.000 ovos até meados de março.

Metade do estoque já foi entregue para hospitais, bancos de alimentos e grupos comunitários. O diretor de clientes da NTS, Mark Bishop, disse que foi “comovente” ter que cancelar a caça anual aos ovos.

Ele acrescentou: “Além de ser nosso maior fim de semana do ano, a Páscoa marca o início da temporada para muitas de nossas propriedades, mas, dada a situação global sem precedentes, tudo teve que ser suspenso. No meio de tudo isso, no entanto, , vimos que algo de bom poderia sair da situação. “Trinta mil ovos de Páscoa não se comem e nossas equipes de operações estão encontrando lugares para eles irem”.

Uma montanha de 1.200 metros de chocolate

O NTS calculou que seu estoque de ovos de chocolate, com cada caixa empilhada em cima de outra, teria sido três vezes a altura da montanha mais alta que ela cuida, Ben Lawers. É um Munro de 3.984 pés.

Bishop acrescentou: “É maravilhoso que tantos tenham ido ao NHS e a outros grupos e organizações que estão fazendo um trabalho incrível em nossas comunidades”. Um total de 41 propriedades do NTS planejava realizar caçadas aos ovos de Páscoa.

Assim, o NTS, através de suas redes sociais, está aceitando sugestões de ideias sobre como distribuir os ovos restantes. Os ovos já foram doados a hospitais em todo o país, incluindo enfermarias pediátricas no NHS Lanarkshire, Hospital Real para Crianças Doentes em Glasgow, Enfermaria Real de Perth, Hospital Real de Perth, Hospital Victoria em Kirkcaldy e Hospital Geral de Borders.
Outros foram para bancos de alimentos, Women’s Aid e grupos comunitários de alimentos.

%d blogueiros gostam disto: