Reino Unido ultrapassou as 40 mil mortes por coronavírus

O Reino Unido se tornou o segundo país, após os Estados Unidos, a registrar 40 mil mortes por coronavírus. As informações levantadas pelo governo, diz que um total de 40.261 pessoas morreram em hospitais, casas de repouso e na comunidade em geral, após testes positivos para o vírus. Os números tiveram um aumento de 357 na quinta-feira.

Apenas os EUA, que registram mais de 108 mil mortes, contam com um número maior de mortes. A Itália, que em março viveu situações dramáticas, registrou 33.600 mortes por coronavírus. E o Brasil registra 34 mil mortes, registrando mil mortes diárias nesta semana.

Os números oficiais mostram as mortes por coronavírus, se concentrando em pessoas que morreram após testar positivo para a covid-19. Os números publicados pelas agências de estatísticas no Reino Unido mostram números ainda maiores. De acordo com eles, 48.106 pessoas, até a semana de 22 de maio, morreram no Reino Unido, com o covid-19 mencionado na certidão de óbito.

A crise pode ter contribuído para mais mortes, por outras causas, com 61.895 mortes a mais do que seria esperado para este ano, durante os dias de pandemia. O Escritório de Estatísticas Nacionais disse que isso pode ser devido a um atraso no atendimento a outras condições, como demência, asma e diabetes. Outros podem ser casos não identificados de coronavírus, afirmou o estudo.

A população britânica de idosos foi a mais afetada pelo covid-19, com pessoas com mais de 80 anos sendo 70 vezes mais propensos a morrer do que pessoas com menos de 40 anos. Também foram levantadas preocupações sobre o impacto da doença nas comunidades de minorias étnicas.

%d blogueiros gostam disto: