Nova Zelândia termina com todas as restrições após não ter mais nenhum caso de covid-19

A primeira-ministra da Nova Zelândia, Jacinda Ardern, anunciou que seu país não possui mais nenhum caso ativo de covid-19. O último paciente que estava internado, com o novo coronavírus, teve alta e se encontra recuperado.

“Ao mesmo tempo em que nosso trabalho não está feito, não há como negar que esse é um marco histórico”, declarou a premiê. “Estamos confiantes que nós eliminamos a transmissão do vírus na Nova Zelândia por enquanto”, disse.

“Mas eliminação não é um ponto no tempo, é um esforço contínuo.”

Assim, a Nova Zelândia não está mais em isolamento social. Desde a meia noite desta segunda-feira, o país não tem mais nenhuma restrição. Reuniões, aglomerações e viagens domésticas estão todas autorizadas a funcionar normalmente.

O controle de fronteiras continuam, e todos os que chegam ao país pelos próximos dias seguirão sendo testadas, e precisarão passar por uma quarentena de 14 dias, semelhante a que o Reino Unido defende.

“Essa liberdade de restrições depende fortemente do papel contínuo que o nosso controle de fronteira vai exercer para manter o vírus fora do país”, disse Ardern à imprensa. “O vírus vai continuar no mundo por algum tempo.”

A Nova Zelândia não registra novos casos do novo coronavírus há 17 dias, e a medida de fim do isolamento social vem após 75 dias de forte quarentena. O país teve ao todo 1.154 casos e 22 mortes por covid-19.

%d blogueiros gostam disto: