Economia no Reino Unido cresceu 1,8% em maio, abaixo das expectativas

A economia do Reino Unido cresceu mais devagar do que esperado em maio. O crescimento foi de apenas 1,8%, mais lento do que o aguardado em um cenário pós-bloqueio. O setor de construção de casas mostraram sinais de recuperação em maio, pela volta ao trabalho de seus funcionários.

Mesmo assim, o Escritório de Estatísticas Nacionais (ONS) disse que a economia estava “em apuros”. Como resultado das grandes contrações pela pandemia e bloqueio, a economia no Reino Unido agora é 24,5% menor do que em fevereiro. A expectativa dos economistas era de um crescimento de 5%.

O aumento de 1,8% veio. Mas após uma queda de 6,9% em março e uma queda brusca de 20,4% em abril. Nos três meses, até maio, a economia encolheu 19,1% em comparação com o período de três meses anteriores. “A economia ainda era um quarto menor em maio do que em fevereiro, antes dos efeitos da pandemia”, disse Jonathan Athow, vice-estatístico nacional de estatísticas econômicas do ONS.

“No setor de serviços importantes, vimos alguma recuperação no varejo, que registrou vendas on-line recordes. No entanto, com as restrições de bloqueio em vigor, muitos outros serviços permaneceram em crise, com várias áreas sofrendo mais quedas”, concluiu.

%d blogueiros gostam disto: