Gato é confirmado com coronavírus no Reino Unido. Caso é único e raro no país.

Um gato de estimação no Reino Unido testou positivo para o coronavírus. Os especialistas dizem que este é o primeiro caso confirmado de infecção em um animal no Reino Unido, mas a doença não está sendo transmitida para pessoas através dos animais. Acredita-se que o gato pegou o coronavírus de seu dono, que já havia testado positivo, anteriormente. Gato e dono já estão recuperados.

As autoridades de saúde afirmaram que o caso é muito raro (é o primeiro e único caso confirmado, em quatro meses de pandemia), e não é preciso fazer alarme. A diretora veterinária do Reino Unido, Christine Middlemiss, disse: “Este é um evento muito raro, com animais infectados detectados até o momento, mostrando apenas sinais clínicos leves e se recuperando em poucos dias.

“Não há evidências que sugiram que os animais transmitam diretamente o vírus aos seres humanos. Continuaremos a monitorar essa situação de perto e atualizaremos nossas orientações aos donos de animais, caso a situação mude”.

Cuidados com os pets

Por sua vez, Yvonne Doyl, diretora de saúde pública da Inglaterra, aconselhou as pessoas a lavar as mãos regularmente, inclusive antes e depois do contato com os animais. O pêlo de um animal pode levar o vírus por um tempo se um animal de estimação entrar em contato com alguém que está doente.

Um veterinário particular diagnosticou o vírus do herpes felino – uma infecção respiratória comum em gatos. Mas a amostra também foi testada para o Sars-Cov-2 como parte de um programa de pesquisa.

Houve um número muito pequeno de casos confirmados em animais de estimação em outros países da Europa, América do Norte e Ásia. Daniella Dos Santos, Presidente da Associação Veterinária Britânica, disse: “Nosso conselho aos donos de animais que têm Covid-19 ou que se auto-isolam com sintomas permanece para restringir o contato com seus animais de estimação como medida de precaução. E praticar boa higiene, incluindo lavagem regular das mãos.

“Também recomendamos que os proprietários com suspeita ou confirmação de Covid-19 mantenham seu gato dentro de casa, se possível. Mas apenas se o gato ficar feliz em ser mantido dentro de casa. Alguns gatos não podem ficar dentro de casa devido a razões médicas relacionadas ao estresse”.

%d blogueiros gostam disto: