Projeto Passa o Controle busca doações de videogames para quem não tem

Uma iniciativa surgiu, com o objetivo de levar consoles encostados, sem uso, para as mãos de quem não pode ter um videogame. O projeto Passa o Controle foi idealizado por Erick Santos. Advogado e podcaster, Erick explica que a ideia surgiu após uma experiência pessoal, na qual conseguiu a doação de um Playstation 3 para um garoto vítima de cyberbullying.

A situação foi a seguinte: João Vitor Silva se tornou meme em vários grupos de games após dizer que Persona 5 era seu jogo preferido, apesar de só tê-lo visto no Youtube. Em meio a piadas e comentários ofensivos, Erick se uniu com sua comunidade e conseguiu um Playstation 3 e uma cópia do game, para que ele enfim pudesse jogá-lo.

“Foi a faísca que deu origem a ideia. A pessoa que doou o videogame disse que ele estava encostado há muito tempo na estante, acumulando pó. Pensei que esse poderia ser o caso de muitas pessoas, e idealizei uma forma de conectá-las a quem sonha jogar um videogame, mas não tem condições por causa do preço alto”, explica.

O Passa o Controle trabalha em parceria com ONGs regionais, que identificam os potenciais destinatários das doações. Dá para acompanhar o destino final de seu console ou game, com o fim de criar uma comunidade solidária de jogadores.

É uma forma de aumentar o acesso aos videogames, que são uma forma importantíssima de arte, cultura e aprendizado“. O projeto agora busca patrocinadores para arcar com os custos de envio e recebimento. “Foram quase 200 inscrições em menos de 24 horas. Fiquei impressionado com o resultado!“.

Você pode conhecer mais sobre o Passa o Controle, e doar o seu console ou game sem uso, no site oficial do projeto.

Esta e mais informações sobre games e tecnologia você encontra no site Arkade.

%d blogueiros gostam disto: