Roubo à carga de iPhones no Reino Unido dá prejuízo milionário em produtos Apple

E os produtos da Apple seguem sendo muito visados por criminosos: depois do roubo nos galpões da Amazon em Madrid, os novos iPhones e outros lançamentos da Maçã foram alvo de um mega roubo de cargas, no Reino Unido.

Estima-se que ao menos 48 lotes de dispositivos da gigante de Cupertino tenham sido subtraídos durante a ação, que curiosamente aconteceu em uma estrada chamada de M1, em Northamptonshire. É o mesmo nome dos novos chips da fabricante para seus computadores pessoais.

Na ocasião, assaltantes pararam um caminhão de cargas e amarraram motorista e outros agentes de suporte de segurança que estavam no veículo. Como forma de despistar autoridades, o caminhão original foi abandonado pouco depois que os assaltantes liberaram os prisioneiros, e então utilizaram outros veículos como forma de pulverizarem os eventuais rastros do roubo, dirimindo as chances da polícia rastrear a carga.

O crime preocupa a polícia pela falta de pistas e também pelo valor estimado das cargas: cinco milhões de libras, o que daria R$ 35 milhões hoje (17).

As autoridades pedem que qualquer informação útil à investigação seja repassada à polícia, e pediu que a população suspeite caso produtos da Maçã apareçam a preços muito baixos nas próximas semanas por eventuais revendedores.

Vale destacar que não só através do IMEI quanto através de outras medidas protetivas, a Apple poderá bloquear o funcionamento desses dispositivos tão logo eles se conectem à internet.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: