Santos e Fortnite: de skins no game à patrocínio em Final de Libertadores

Na última semana, o mundo do futebol viu um anúncio bem interessante: a Epic Games, através de sua marca mais forte, a Fortnite, estampará o espaço master da camisa do Santos, que encara o Palmeiras amanhã, no Maracanã, pela Final da Libertadores. Não é a primeira vez que videogames vão parar em camisas de futebol. No passado, Nintendo, SEGA, Eidos, Xbox e Playstation, entre outros, estamparam suas marcas em camisas de clubes pelo mundo.

E recentemente, a Konami está bem presente dos clubes brasileiros, com o seu Pro Evolution Soccer. Estampa a marca do jogo em várias camisas, enquanto no game, o Brasileirão está presente de forma oficial. E há até um torneio oficial de eSports, com os clubes da Série A e final na sede da CBF.

Pelé, Soteldo, skins, Vila Belmiro e camisa: Fortnite é do Santos!

Mas o caso do Santos é bem interessante. Pois tudo nasceu apenas como negociações de skins para o Fortnite. De acordo com a coluna de Rodrigo Mattos, do UOL, a Epic Games buscou parceria com 23 clubes pelo mundo. Entre eles, Manchester City, Juventus, Sevilla, e o também brasileiro Bahia. No caso do Santos, também foram adicionados, além da skin com o uniforme do clube, a famosa comemoração do soco no ar de Pelé como celebração, e a Copa Pelé, em parceria com o Rei do Futebol. Que, inclusive, é o primeiro jogador da história a licenciar um game com a sua imagem.

A parceria teve ainda outros elementos. O venezuelano Soteldo, atual camisa 10 do clube, participou de vídeos de influenciadores jogando o game:

E, após o anúncio do patrocínio, as redes sociais do Santos ainda publicaram uma versão da Vila Belmiro, dentro do universo do game:

Após estes eventos, enfim, o patrocínio. A Epic Games estampará Fortnite na camisa do Santos como patrocínio pontual, em uma transmissão que será exibida, ao vivo, para todo o Brasil e América Latina. Serão 191 países, de acordo com a Conmebol, que terão acesso à partida. Assim, a Epic Gamesbuscará, através de seu game mais importante, buscar um novo público, fora dos games. Neste caso, o consumidor de futebol.

“Futebol é consistentemente um dos principais esportes que nossos jogadores nos pedem para ver e experimentar no Fortnite. Estamos animados com a parceria com o Santos para trazer “o jogo bonito” para os fãs de Fortnite de todo o mundo”, explicou Nate Nanzer, Head of Global Partnerships da Epic Games. O valor do patrocínio, de acordo com o Lance!, foi de R$ 1 milhão.

O “time de velho” também é o time dos jovens, e que jogam videogame

E o Santos também busca algo semelhante. Apesar de ser citado como “time de velhos”, os mais jovens passaram a torcer pela equipe, embalados pelos recentes sucessos da geração de Robinho, entre 2002 e 2005, e a geração de Neymar, que foi campeã da Libertadores de 2011. Apesar de sim, o Santospossuir uma das maiores médias de torcedores acima de 60 anos, 32%, de acordo com uma pesquisa de 2019, o clube também tem uma boa faixa de torcedores entre 16 e 24 anos: 21% de sua torcida.

O Santos tem, inclusive, mais torcedores jovens do que Grêmio, Internacional, e Palmeiras, seu rival na decisão de amanhã. Além disso, e por causa disso, o clube também é muito ativo nas redes sociais, sendo o quinto clube com mais seguidores no Brasil, em todas as redes sociais combinadas: mais de oito milhões. Redes sociais, aliás, recheadas de memes e piadas. Faz piada até com a máxima de “torcida de velhos” com o #AsiloTáOn:

Além disso, historicamente, a rejeição ao clube é muito menor, do que em relação a outros clubes, incluindo seus rivais paulistas.

Fortnite: patrocínio pontual ou potencial patrocinador master?

Enquanto isso, a estratégia de marketing tem conseguido bater metas. De acordo com a mesma coluna citada anteriormente, foi apurado que o clube fechou o terceiro trimestre de 2020 com R$ 15,3 milhões em patrocínio, R$ 1,7 milhão a mais da meta original, em um contexto de pandemia de coronavírus, e sem um patrocinador principal.

A expectativa é a de que, o bom marketing aliado a bons resultados em campo, possa abrir espaço para que o clube para um patrocínio master (que pode ser, quem sabe, o próprio Fortnite), que atualmente tem os patrocínios de Philco, Tek-Bond, Kicaldo, Umbro, FoxLux, Casa de Apostas, Oceano B2B, UniCesumar, Kodilar e Konami (sim, o Santos jogará a final da Libertadorescom o patrocínio de duas empresas de games).

Você pode encontrar mais notícias sobre games e tecnologia em arkade.com.br.

%d blogueiros gostam disto: